No cenário atual, o tema gestão de pessoas como papel essencial nas organizações requer, minimamente, uma reflexão. Considero bastante interessante os discursos constantes, e insipientes no tocante a gestão de pessoas, e principalmente de talentos. Quanto mais escuto depoimentos de pessoas, sobre seu dia a dia nas empresas, a questão do assédio moral permanente e a falta de respeito ao ser humano, sinto tudo isso como um soco na alma. Tanto se fala, mas tão pouco se sabe e compreende da essência humana… quão distante estamos de organizações voltadas ao estímulo e ao desenvolvimento de talentos!

Grande parte dos gestores de pessoas, se consideram líderes, mas apenas representam meros gestores legitimados aos seus cargos por outros menores ainda, tanto pela visão de mundo, quanto por valores, e ausência de autopercepção.

Considero este tema digno de milhares de linhas, a tratar de tantos equívocos na gestão de pessoas. Como podem gestores falar em motivação de outros, se nem eles mesmos conhecem, minimamente, as teorias da motivação humana, e tampouco seus colaboradores e a si mesmos?

Aos “gestores” delega-se a gestão de pessoas, tal qual uma gestão de processos. Entretanto, esquecem que papel e processos não falam, não sentem e não reagem. Isto tudo retrata claramente a ausência total de empatia nas organizações. É justamente o oposto da empatia: faça aos outros aquilo que já fizeram à você e não, o que gostaria que lhe fizessem. Agindo assim, esses “gestores” reproduzem a mesma prática da qual foram vítimas.

Gestores devem estimular e propiciar condições desafiadoras, a fim de que pessoas se sintam encorajadas a sair da inércia em busca do auto desenvolvimento e da automotivação. Mas como realizar este feito, se estas se sentem constantemente achacadas, inseguras em seus ambientes de trabalho e principalmente, mais um número no orçamento?

Precisamos de “Líderes Gente”. Pessoas mais empáticas no mundo e nas organizações.

__

Anna Cherubina Scofano é consultora de Empresas e Professora da FGV, Executive Coach, Mentora de carreira e Palestrante Parceira do Instituto RHLF